A Manhattan Eletronic® PARA-RAIOS, vem atuando há 30 anos com, vendas, projetos, manutenções e instalações de sistemas de proteção contra descargas atmosféricas (para-raios).

Manhattan Eletronic® PARA-RAIOS é reconhecida como prestadora de serviços de confiabilidade e qualidade técnica comprovadas por Certidões de Acervo Técnico ( CAT ), emitidas pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura – CREA/SP. Investimos em nossa equipe técnica com cursos de capacitação e treinamento profissional dentro das normas da Segurança do Trabalho.

Manhattan Eletronic® PARA-RAIOS está capacitada a atender aos mais altos padrões de instalações requisitados pelo mercado, atendendo petroquímicas, aeroportos, emissoras, indústrias, shoppings, hospitais, condomínios, etc.

Finalidade:

Serviço de material de apoio para profissionais de compras e manutenção, com o intuito de fornecer as informações necessárias para a aquisição de para-raios e aterramento elétrico.

Público-alvo: 

  • engenheiros de manutenção;
  • compradores;
  • síndicos;
  • construtores;
  • pessoas ligadas à segurança do trabalho.

Importante: 

  • Guardar em local de fácil acesso.
  • Conserve este manual independente de qual seja a empresa instaladora.
  • Deve ser consultado anualmente.
  • Deve-se solicitar a leitura das pessoas responsáveis na área.

Ministério do Trabalho:

Exige a regularização junto a Norma NR-10 que preza a segurança no trabalho

Prefeituras:

Normalmente possuem um código municipal de obras, que através de lei regulamentada, determina o cumprimento do mesmo, costumam multar e dar um prazo, após o vencimento dobram a multa podendo chegar a interdição da edificação. Exigem cumprimento a norma técnica da ABNT.

Corpo de bombeiros:

Determina que haja segurança em qualquer edificação, principalmente em casos de escolas, comércios, igrejas, hotéis, empresas, clubes, e locais públicos em geral. Em construções novas não liberam o Habite-se. Baseiam-se nas Normas Técnicas da ABNT.

Seguradoras:

São pouco exigentes no momento de efetuar o contrato, porém, estão protegidos pela legislação que obriga o segurado a manter a edificação dentro dos padrões mínimos de segurança, conforme as Normas Técnicas vigentes no país. Podendo não cobrir o sinistro, levando o cliente assumir danos e indenizações.

Judicial:

Em caso de acidente com raios, rede elétrica ou um incêndio por exemplo, o juiz nomeará um perito, qual fará um laudo técnico, atestando se as instalações estavam dentro das normas técnicas vigentes no país, afim de sentenciar os responsáveis.

Confira alguns dos nossos clientes

Serviços e produtos

Envie sua solicitação

Preencha o formulário abaixo.